Voltar Compartilhar

Lançada oficialmente a Coordenadoria da Mulher de Soledade

  • 10/09/2013 18:04
  • Mariana Teixeira


Após uma grande interlocução entre as secretarias municipais, foi efetivamente lançada a CMS- Coordenadoria da Mulher de Soledade, na quente tarde de 10 de setembro, no CTG Marciano Brum. Mara Muniz abriu os trabalhos declamando uma bela poesia que fazia referência as mulheres.



Com a participação de diversas entidades e representações, entre elas, Governo do Estado, Emater, OAB, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, 25ª Coordenadoria Regional da Educação, Deputado Edegar Pretto, além de mulheres engajadas pelo fim da violência contra a mulher, foi aberta a solenidade com o Prefeito Paulo Ricardo Cattaneo, acompanhado da Primeira Dama Gizeli Bordignon, destacando o marco deste momento, da qual a mulher torna-se protagonista em suas escolhas e sua liberdade.



A coordenadora Jane Maria Ottoni não mediu esforços para que o debate fosse realizado de forma que as mulheres presentes tomassem frente de suas vidas, interpretando a realidade da violência como uma tragédia permanente na sociedade, e que se deve lutar com afinco para que seja proscrita da realidade existente hoje, já que as mulheres já estão em pé de igualdade com os homens, em todos os setores da vida.



A diretora de Projetos da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado- SPM, Yara Regina Stockmanns, representou a secretária Ariane Leitão, que não pode se fazer presente. Ela exaltou a Administração por fazer esta importante referência para o Município na criação da CMS, abrindo caminhos para a articulação de projetos e programas, fazendo com que as mulheres que hoje se encontram em vulnerabilidade social, econômica, política e demais restrições, sejam apoiadas e encaminhadas para um atendimento digno e eficaz, com a participação de toda uma rede linkada para o benefício delas.



Claridê Chitolina, presidente da OAB, Sub-Seção de Soledade falou no evento sobre a Lei Maria da Penha, sua aplicabilidade e poderosa ação da Justiça ao lado das mulheres que sofrem diversos tipos de abuso. Ela ainda frisou o preconceito que ainda existe na sociedade quando uma mulher toma partido de suas escolhas, além de dados alarmantes sobre a violência na Região.



Representando o Deputado Edegar Pretto, criador da Frente Parlamentar dos Homens Pelo Fim Da Violência Contra As Mulheres, estava Karen Lose e Elton Mariani. Edegar Pretto foi o grande incentivador para que Soledade desse este importante passo político, na busca de articulação para que haja a igualdade de gênero e o fim da violência, cometida de forma injusta e machista ainda no Rio Grande do Sul.



Estavam presentes ainda, o vice e secretário da Agricultura Roberto Coletti, secretário da Assistência Social e Habitação, Lúcio Eugênio Bueno Dias, além de representantes de todas as secretarias e departamentos municipais e vereadores.



A Coordenadoria da Mulher de Soledade funcionará junto ao Gabinete do Prefeito, coordenando ações das secretarias em prol das mulheres que necessitam ou querem acompanhamento, criando e vinculando-se a projetos de proteção, assessoramento, instrução e demais processos, que principalmente gerem força para que as mulheres exijam a igualdade social, econômica, cultural, e demais fatores que as torne legitimamente donas de suas vidas.


Faça seu comentário: